A língua holandesa não é nada, senão um grande mistério. A forma como as palavras são agregadas e faladas no dia-a-dia tem pouco a ver com o que vemos nos dicionários, mas isto é, claro, algo que só descobrimos depois de muitos anos vivendo aqui e visitamos um dicionário mais uma vez. Sinto uma frustração enorme de ver-me confrontado com detalhes da lingual e supreender-me com o que elas significam mesmo depois de tantos anos vivendo aqui. Um grande exemplo disto é a palavra gewoon que o dicionário traduz como ‘simplesmente’ se dar maiores nuances do uso da palavra quando falada. Numa frase como:

‘Ik doe heel gewoon’

… é impossível traduzir ‘gewoon’ como ‘simplesmente’, pois para quem fala holandês está óbvio que ‘gewoon’ aqui é um advérbio e não um adjetivo. De forma que a frase acima não significa:‘eu faço bem simplesmente’ mas:

‘Eu não estou fazendo nada de mais’.

Outro exemplo é quando eles dizem:

‘Ik spreek gewoon Nederlands’

‘Eu falo simplesmente holandês’ quando eu não vejo necessidade alguma deste ‘simplesmente’ aqui. Significa que a pessoa fala holandês fluente além do inglês ou que a pessoa apenas fala holandês? E o ponto alto desta palavra é quando um genitor pergunta ao filho por onde ele andou e a resposta que ele dá é:

‘Gewoon!’

…que significa: ‘Por aí!’

Outra pergunta que sempre me fazem, é a mesma pergunta que eu sempre me faço: o que os holandeses querem dizer com ‘gezellig’? Trata-se de um adjetivo como agradável ou ‘gostoso’ mas referindo-se apenas a um ambiente em que as pessoas sentem-se à vontade. Os alemães tem um nome parecido, ‘gesellig’, mas não parece significar a mesma coisa, nem tampouco é falado durante as mesmas ocasiões, conforme fonte de confiança de quem fala as duas línguas fluentemente.  Tudo bem que os holandeses tem um adjetivo apenas para ocasiões ‘agradáveis’ mas porque os holandeses sentem necessidade de dizer:

‘Wat is het hier gezellig!’

…quando visitam uma casa que está à venda ou para alugar, sem móveis e sem pessoas morando nela?